O Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP vai suspender preventivamente um agente daquela força por ser suspeito de estar envolvido em furtos de automóveis, tendo sido constituído arguido, foi esta quinta-feira anunciado.

Num curto comunicado, o Cometlis explica que teve conhecimento do envolvimento do agente através de uma comunicação feita na quarta-feira pela Guarda Nacional Republicana (GNR), não adiantando mais pormenores sobre o caso.

Face a esta comunicação, foi instaurado o respetivo processo disciplinar ao polícia, e iniciados os procedimentos para a sua suspensão preventiva e para o seu desarmamento”, informa a nota.

A Lusa contactou o Cometlis e a GNR para obter mais esclarecimentos sobre este caso, mas tal não foi possível.

/ HCL