As costas sul e norte da Madeira e Porto Santo vão estar entre este sábado e segunda-feira sob aviso laranja e amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o Instituto, o aviso laranja para a agitação marítima, com previsão de ondas de noroeste com cinco a seis metros, podendo atingir 11 metros de altura, vai vigorar entre as 12:00 de hoje e as 12:00 de segunda-feira.

As costas sul e norte do arquipélago estão ainda sob aviso amarelo para a precipitação e vento forte.

Também Porto Santo se encontra sob aviso amarelo para a agitação marítima até às 18:00 de segunda-feira.

As autoridades alertaram já na sexta-feira para as previsões de agravamento do estado do mar na Madeira, com vento forte e ondas que podem atingir os 11 metros na costa norte a partir da madrugada de hoje.

Num comunicado conjunto, a Marinha e a Autoridade Marítima Nacional apontam que estas condições adversas podem atingir as ilhas da Madeira e Porto Santo, sendo o alerta dirigido sobretudo “à comunidade marítima que se encontra no mar” e à população que usualmente frequenta as zonas costeiras ao logo da faixa litoral.

Já em Portugal continental, dez distritos vão estar, igualmente, até segunda-feira sob aviso laranja e amarelo devido também à previsão de agitação marítima forte.

De acordo com o Instituto, os distritos do Porto, Faro, Setúbal, Viana do Castelo, Lisboa, Leiria, Beja, Aveiro, Coimbra e Braga vão estar sob aviso laranja (ente as 21:00 de hoje e as 12:00 de domingo) devido à previsão de ondas de noroeste com cinco a seis metros, podendo atingir 10 metros de altura máxima.

Estes distritos passam depois a aviso amarelo até às 06:00 de segunda-feira.

O IPMA emitiu ainda aviso amarelo para os distritos de Faro, Setúbal, Lisboa, Leiria, Beja por causa do vento forte do quadrante leste, com rajadas até 70 quilómetros por hora no litoral.

O aviso de vento vai estar em vigor entre as 18:00 de sábado e as 09:00 de domingo.

Segundo o IPMA, o aviso laranja é o segundo de uma escala de quatro e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado.

O aviso amarelo, o terceiro da escala, revela situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Sete ilhas dos Açores sob aviso laranja 

As ilhas dos grupos ocidental e central, nos Açores, mantêm-se sob aviso laranja devido à agitação marítima, com previsão de ondas de sete a oito metros, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“Com o afastamento para leste da depressão Carlos, tem-se verificado uma melhoria acentuada das condições meteorológicas em todo o arquipélago dos Açores. As condições de agitação marítima forte, especialmente nos grupos ocidental e central inicialmente com ondas noroeste de sete a oito metros de altura significativa (nível laranja), irão progressivamente desagravar até à próxima madrugada”, adiantou hoje o IPMA, em comunicado de imprensa.

Nas ilhas do grupo ocidental, São Miguel e Santa Maria, o aviso laranja, o segundo mais grave, vai prolongar-se até às 18:00 (mais uma hora em Lisboa), com previsões de ondas de noroeste “com sete a oito metros de altura significativa”.

Já nas ilhas do grupo central (Terceira, São Jorge, Pico, Faial e Graciosa), o aviso laranja está previsto apenas até às 12:00 de hoje.

O grupo oriental (Flores e Corvo), que esteve durante sexta-feira sob aviso vermelho, está em aviso amarelo.

Este aviso, que prevê ondas de seis a sete metros de altura, mantém-se até às 06:00 de domingo em todas as ilhas do arquipélago.

O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção, como reforçar as amarrações das embarcações, ter especial cuidado na circulação junto à orla costeira e não praticar atividades relacionadas com o mar.