Um jovem de 18 anos foi detido na quarta-feira por suspeita de dez roubos, duas ofensas à integridade física e dois crimes de posse ilegal de arma, tendo ficado em prisão preventiva, anunciou hoje a PSP.

Dos dez roubos cometidos, nos concelhos de Lisboa e Loures, quatro deles foram direcionados a taxistas.

O modo de atuação do jovem passava por chamar um táxi, pedir para ser levado “até uma zona de conforto, próxima da localidade onde reside”, o que lhe facilitava a fuga.

O detido agredia e ameaçava os taxistas com armas de fogo, de modo que estes lhe dessem os telemóveis e o dinheiro que tinham.

Em comunicado, a polícia adianta que os crimes foram “cometidos nas últimas semanas nos concelhos de Loures e Lisboa”, nomeadamente nas freguesias de Santo António dos Cavaleiros e de Frielas, no concelho de Loures, e no concelho de Odivelas, em Lisboa.

No concelho de Loures, o jovem roubou, na freguesia de Santo António dos Cavaleiros, um fio de ouro, dinheiro a cinco taxistas, bem como a chave de um táxi, o comando de uma garagem, um telemóvel e dois relógios, enquanto na freguesia de Frielas roubou uma bolsa com vários documentos de uma caixa multibanco.

No concelho de Odivelas, em Lisboa, fez uma tentativa de roubo a um taxista, tendo ainda roubado um fio de ouro na Alameda D. Afonso Henriques.

A PSP de Loures apanhou-o ainda com uma arma de fogo e, após uma busca domiciliária, apreendeu “vários documentos em nome de uma vítima de roubo”.

O jovem está agora em prisão preventiva.