A GNR anunciou, esta terça-feira, a detenção de um homem de 50 anos, suspeito de crime de violência doméstica, no concelho de Trancoso, Guarda.

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Trancoso, apanhou o suspeito na sequência de uma denúncia por ameaças e agressões físicas à esposa de 47 anos e à filha de 18 anos.

Os militares deslocaram-se de imediato ao local, onde verificaram a presença de um aglomerado de pessoas junto à referida residência, estando os elementos do INEM a prestar socorro a uma das vitimas, nomeadamente a filha do agressor", diz o comunicado divulgado.

Após o decorrer das diligências, o Comando Territorial da Guarda apurou que "o homem chegou a casa aparentemente embriagado, injuriou a vítima e demonstrou intenção de a agredir".

Foi nesse momento que a filha do casal se colocou entre ambos, com intuito de defender a mãe. O agressor reagiu ao impulso da filha, golpeando-a com recurso a uma faca de cozinha."

O agressor foi detido e permaneceu nas instalações da GNR até ser presente na segunda-feira ao Tribunal Judicial de Trancoso, onde lhe foi aplicada a medida de coação de proibição de contato com as vítimas e proibição de aproximação a menos de 500 metros controlados por pulseira eletrónica.