"As privações da liberdade efetivamente sucederam, mas estes comportamentos já foram valorados no âmbito do crime de violência domestica", disse a juíza presidente.










Redação