Um piloto de combate a incêndios, a operar no aeródromo de Mirandela, foi agredido com violência, na madrugada de sábado para domingo, quando se encontrava numa esplanada. Segundo apurou a TVI, o homem na casa dos 30 anos e de nacionalidade brasileira, ficou ferido com gravidade na zona da face e encontra-se internado no Hospital de Viseu.

À TVI, a PSP de Bragança apenas confirma que existiu “uma agressão”, e acrescenta que “a seu tempo será dada mais informação”.

Já os Bombeiros Voluntários de Mirandela que estiveram no local, confirmam a agressão “junto a uma esplanada” e a existência de uma vítima masculina com ferimentos graves “na zona da face”. Segundo a mesma fonte, o alerta foi recebido às 02:08 da madrugada de dia 19 (domingo) e a vítima foi inicialmente transportada para o Hospital de Bragança.

Ao que a TVI conseguiu apurar, o piloto encontrava-se de folga e deveria entrar ao serviço na passada segunda-feira. Inicialmente, a vítima foi transportada para o Hospital de Bragança, depois para o Hospital de Santo António, no Porto, e, finalmente, para o Hospital de Viseu. 

Ainda segundo informações recolhidas pela TVI, a vítima foi agredida por um grupo com cerca de cinco indivíduos e já terão sido recolhidas imagens de vigilância de estabelecimentos vizinhos da esplanada onde tudo aconteceu, para posterior análise.

Patrícia Pires