Um homem, de 29 anos, ficou em prisão preventiva depois de ter sido detido em Lisboa por agressão a dois agentes de autoridade num estabelecimento de restauração, divulgou esta quarta-feira o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP (Cometlis).

Em comunicado, o Cometlis refere que as agressões ocorreram na terça-feira, num estabelecimento de restauração, na freguesia de Arroios, no interior do qual o homem causou vários desacatos e agrediu também um cliente de 64 anos.

No interior do estabelecimento comercial, a PSP verificou a presença do suspeito, sem fazer uso de máscara, com uma postura bastante agressiva, batendo com as mãos no balcão de vidro e proferindo injúrias à funcionária e clientes do estabelecimento”, relata a PSP na nota.

A PSP ressalva que fez várias tentativas para acalmar o homem, mas que tal não foi possível.

A determinado momento, o suspeito aproximou-se dos polícias com uma postura intimidatória, tendo em ato contínuo agredido os dois polícias com murros. Apesar de combalidos, os polícias foram ao alcance do individuo que, entretanto, fugiu para a via pública e, com o apoio do efetivo policial que acorreu em reforço, foi possível manietar o suspeito, já no exterior do estabelecimento”, lê-se no comunicado.

Desta ação policial resultou ferimentos em dois polícias, tendo um deles necessitado de assistência hospitalar, é ainda indicado.

O homem foi presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, tendo-lhe sido decretada a medida de coação de prisão preventiva.

/ HCL