A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve um homem, com 37 anos, por ser suspeito das “agressões perpetradas” a um segurança da discoteca Lust In Rio, em Lisboa.

A detenção deste homem, fora de flagrante delito, aconteceu na quarta-feira, quase três meses depois das agressões, que ocorreram em maio.

As agressões ocorreram dias depois de o segurança da discoteca ter recusado ao suspeito o acesso à zona VIP.

O segurança foi “alvo de agressões violentas com recurso a um bastão”, informou a PSP, em comunicado, indicando que a vítima ficou com “fraturas múltiplas nos membros inferiores, necessitando de intervenção cirúrgica e de internamento de longa duração, levando à sua incapacidade laboral por tempo indeterminado”.

"Com um vasto histórico criminal e de cumprimento de penas de prisão efetiva pela prática de crimes desta natureza”, o suspeito das agressões foi presente no tribunal de Lisboa para primeiro interrogatório judicial em que lhe foi aplicada a medida de coação de “apresentações trissemanais e proibição de frequentar a discoteca Lust In Rio”, revelou o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP.