Portugal continental pode chegar a 23% de seca severa e 77% de seca extrema este mês se os valores de precipitação continuarem muito inferiores ao normal.

No pior dos três cenários de evolução da seca para março colocados pelo grupo de trabalho de acompanhamento e avaliação dos impactos da seca 2012, refere-se que a taxa de seca extrema pode subir 45 pontos percentuais relativamente aos últimos dados, segundo um relatório do Ministério da Agricultura

Referente a 29 de fevereiro, este segundo relatório do grupo, disponibilizado na página do Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território na Internet, dá conta de 68% do território continental em seca severa e 32% em seca extrema até àquela data.

Na hipótese de os valores da pluviosidade serem próximos do normal, os especialistas preveem 4% do continente em seca fraca, 30% em seca moderada, 65% em seca severa e 1% em seca extrema.

No caso de chover mais do que o habitual, os números indicados são 78% do território em seca fraca e 22% em seca moderada.

«O mais provável é o não desagravamento da situação de seca meteorológica», lê-se.
Redação / FC