Uma rotura de "grandes dimensões" na conduta geral da EPAL cortou a marginal de Belém na manhã deste sábado. A circulação ferroviária também esteve impedida. Entretanto os bombeiros alargaram uma das vias para que a circulação começasse a ser feita nos dois sentidos.

Francisco Mota, dos Bombeiros Sapadores de Lisboa, explicou que o alerta foi dado por volta das 09:00, falando numa rutura de "grandes dimensões", que obrigou a cortar a água na zona.

Segundo comunicado da EPAL, a rotura deu-se na Avenida da Índia e está a limitar o abastecimento de água, efeito que será "mínimo".

Além dos bombeiros, foram também chamados para o local funcionários da EPAL e um piquete da EDP, que verificou que a eletricidade está a funcionar.

A rutura na conduta surge depois de várias horas sucessivas de forte chuva e vento que se abateram em Lisboa.

Sofia Rebanda