O Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi acionado na manhã desta quinta-feira para dispersar um ajuntamento de cerca de 50 pessoas na rua São João de Deus em Espinho, no distrito de Aveiro, informou aquela força policial.

Em comunicado, a PSP refere que se deslocou ao local após ter recebido notícia da existência de danos num edifício daquele arruamento, provocados, alegadamente, por garrafas de vidro.

Quando chegaram ao local, os agentes verificaram, nas imediações, a existência de “um ajuntamento de cerca de 50 pessoas na via pública, em ambiente de festa, causando transtorno à normal circulação naquela artéria e em desrespeito às medidas impostas pelo estado de calamidade” devido à pandemia de covid-19.

Assim, e face à resistência apresentada pelos cidadãos às ordens para dispersar, foi acionado para o local o Corpo de Intervenção do Comado Metropolitano do Porto, que, à sua chegada, logrou sanar toda a situação”, é referido na nota.

A PSP indica ainda que irá proceder à investigação adequada e necessária da ocorrência.

/ AG