A Polícia de Segurança Pública (PSP) recuperou várias armas de guerra esta quinta-feira em Lisboa, na sequência de uma solicitação de um cidadão. O homem descobriu armamento que pertencia a um familiar seu, que entretanto morreu, e que era militar.

Das armas encontradas a PSP destacou a presença de três metralhadoras, uma espingarda AK-47, uma pistola, uma carabina, uma espingarda, além de várias munições de diversos calibres.

No comunicado a que a TVI24 teve acesso, as forças de segurança referem que os cidadão devem proceder à entrega de armas não licenciadas dentro do prazo legal (até 22 de março de 2020).

Qualquer cidadão que possua qualquer tipo de arma de que já não faça uso ou, caso se encontre na posse de armas de terceiros, pode contactar qualquer Esquadra da PSP ou o Departamento de Armas e Explosivos nos três meses remanescentes do prazo previsto para regularização extraordinária", refere a nota.