A GNR deteve hoje dois homens, em flagrante delito, por cultivo de canábis e apreendeu sete plantas que se encontravam no quarto de uma habitação, em Alcains, concelho de Castelo Branco.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Castelo Branco refere que a detenção dos dois homens, com 55 e 60 anos, ocorreu no sábado, através de militares do Posto Territorial de Alcains.

No decorrer das diligências policiais constatou-se que a estufa estava equipada com um sistema de temporizadores, um sistema de irrigação com controlo de potencial hidrogeniónico (pH), controlo de temperatura e humidade e um sistema de ventilação com tubos de extração conectados a um filtro de odor, evitando assim que o cheiro das plantas denunciasse a existência da plantação no interior da residência", lê-se na nota.

Segundo a GNR, além das plantas, "foram apreendidas cerca de 11 doses de canábis e respetivas sumidades, já em fase de secagem, assim como fertilizantes e todo o equipamento inerente à produção e manutenção da estufa".

Esta ação contou com o reforço de militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Castelo Branco.

Os detidos foram construídos arguidos, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Castelo Branco.

. / LF