Uma menina nasceu na terça-feira à noite numa ambulância dos Bombeiros Voluntários de Sines durante o transporte da mãe para a maternidade do Hospital São Bernardo, em Setúbal.

À agência Lusa, o comandante da corporação, Hugo Cruz, contou que os bombeiros foram chamados, cerca das 21:25, para transportar uma grávida “com contrações no seu domicílio”, na Zona Industrial Ligeira de Sines, no distrito de Setúbal.

Iniciado o transporte para a maternidade do hospital de Setúbal, a mulher entrou em trabalho de parto e o motorista da ambulância “teve de encostar”, em plena serra de Grândola, no Itinerário Complementar 33, para auxiliar a grávida.

A criança acabou por nascer às 22:00 com a ajuda de dois bombeiros e de um médico e um enfermeiro da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano (HLA). Após o parto, mãe e filha recém-nascida foram transportadas para a maternidade em Setúbal, a cerca de 125 quilómetros de distância.

Todos os partos dos concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal são encaminhados para a maternidade do Hospital de São Bernardo.

A corporação partilhou a foto da equipa que assistiu ao parto e da mãe, Carina, com a filha, Carolina.