O Tribunal de São João Novo, no Porto, está a julgar uma mulher acusada por tentar atear fogo a um homem de Alfena, em Valongo, inconformada com o fim do relacionamento amoroso de ambos, disse hoje fonte judicial.

O homem, de 44 anos, tentou cortar todos os laços com a arguida, de 35, com quem namorara durante cinco anos, e foi alvo de diversos atos de retaliação e agressões, uma delas com golpes de navalha.

O principal episódio violento ocorreu à porta do estabelecimento do ofendido, em 2019, quando a arguida lhe atirou gasóleo e tentou incendiá-lo com recurso a um isqueiro.

O homem conseguiu fugir e pediu a intervenção policial.

Numa primeira sessão, a arguida optou pelo silêncio e o ofendido contou detalhes do sucedido.

O acórdão está agendado para o último dia de maio.

/ CP