As crianças devem comer fruta todos os dias ao pequeno-almoço. No entanto, um estudo realizado por uma consultora da área da saúde, revela que esse alimento apenas faz parte da primeira refeição de 17% dos mais pequenos.

A nutricionista Tânia Frutado explicou, esta segunda-feira, no Diário da Manhã, da TVI a importância de incluir a fruta no pequeno-almoço dos mais novos.

Aquilo que está preconizado como um pequeno-almoço completo para as crianças é um pequeno-almoço que inclua um lácteo, um cereal e uma peça de fruta. Aquilo que verificámos neste estudo é que as crianças consomem o lácteo e os cereais ao pequeno-almoço e acabam por deixar de parte a fruta que é uma fonte importantíssima de vitaminas, minerais, de água e de fibra para começar o dia."

A nutriconista observou que "é ainda mais preocupante" o facto de o estudo demonstrar também "que as crianças não consomem fruta depois no resto do dia".

As recomendações apontam para um consumo de pelo menos três peças de fruta por dia.

A especialista frisou que são os adolescentes os que menos consomem fruta e deixou algumas dicas para que os pais consigam incluir estes alimentos nas refeições dos mais novos.

Penso que o segredo passa por diversificar a oferta de fruta que se oferece às crianças, não oferecer sempre o mesmo tipo de fruta, apostar em frutas que sejam mais apelativas, em diferentes formas de apresentação, em batidos, nas polpas de fruta."

/ SS