Uma pessoa ficou hoje gravemente ferida na sequência de um incêndio urbano que deflagrou às 15:17 num prédio do Laranjeiro, concelho de Almada, informou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal.

Segundo a mesma fonte, o ferido grave, que sofreu queimaduras de primeiro e segundo grau, foi transportado para o Hospital Garcia de Orta, em Almada. Além do ferido grave, os bombeiros registaram também um ferido leve, devido a inalação de fumos.

De acordo com o CDOS, o incêndio, que terá tido origem na cozinha de uma habitação social no prédio do n.º 19 na Avenida Professor Luís Gomes, no Laranjeiro, obrigou à evacuação do prédio, incluindo um ATL no piso inferior, onde se encontravam na altura seis crianças e três educadores.

Fonte da Câmara de Almada disse à agência Lusa que o ferido grave "sofreu queimaduras quando tentava apagar o fogo, que terá tido origem num curto-circuito num frigorífico (ou numa arca congeladora)".

De acordo com a autarquia, a "Proteção Civil Municipal de Almada decidiu fechar apenas a fração do prédio onde ocorreu o incêndio, pelo que os moradores de todas as outras frações já poderão pernoitar nas suas casas".

"As pessoas que residem na fração onde ocorreu o incêndio também vão ser realojadas temporariamente no mesmo prédio, em casa de familiares", esclareceu a Câmara de Almada.

Para o incêndio, que já foi rapidamente extinto pelos bombeiros, foram mobilizados 32 operacionais apoiados por 14 veículos, dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, PSP, Setgás, EDP, Departamento Urbanístico e Serviço Municipal de Proteção Civil da Câmara de Almada.