O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta reabriu, por volta das 08:30 desta segunda-feira, depois de um fim de semana de porta fechada.

O hospital garantiu um reforço de atendimento nos centros de saúde Rainha Dona Leonor, em Almada e no Seixal.

No entanto, para situações de grande urgência, os utentes foram encaminhados para os hospitais de Santa Maria e Dona Estefânia, em Lisboa.

O encerramento é justificado pela falta de pediatras para cumprir a escala.

O serviço de urgência já tinha estado fechado durante duas noites na semana passada, altura em que o conselho de administração explicou que a resolução do problema no fim de semana estava a ser negociado com a Santa Casa da Misericórdia e com a União das Misericórdias.