Um militar da GNR, que se encontrava de folga, salvou um condutor preso num carro em chamas, na sequência de um despiste, perto de Almeirim, Santarém.

O acidente ocorreu na quarta-feira, ao quilómetro 68, da Estrada Nacional 118, quando o militar da GNR se deparou com uma viatura a arder, depois de ter "embatido, com violência, no rail de proteção".

O condutor, de 26 anos, sofreu ferimentos graves, tendo ficado encarcerado entre o rail de proteção e o carro, que ficou completamente destruído na sequência do embate e do incêndio que se seguiu, além de várias explosões.

O militar da GNR, que presta serviço na Unidade de Intervenção, em Lisboa, apercebendo-se da gravidade do acidente e que a viatura se tinha incendiado, de imediato e sem hesitação, correu na direção da viatura em chamas e, desprezando o perigo, conseguiu libertar a vítima, removê-la para um local seguro e manter o contacto com ela até à chegada dos meios de socorro", conta a GNR, em comunicado divulgado nesta sexta-feira.

A GNR sublinha que a ação do seu militar "foi providencial" para salvar a vítima.

Redação / CM