As eventuais alterações de opção de candidatura ao ensino superior na 1.ª fase do concurso nacional poderão ser feitas entre os dias 07 e 09 de setembro, tendo o Governo determinado a abertura da plataforma 'online' para esse efeito.

A abertura da plataforma para a matrícula e inscrição no ano letivo de 2021-2022 foi determinada por despacho do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior publicado esta terça-feira em Diário da República na sequência do reforço do número de vagas.

A 26 de agosto o Conselho de Ministros aprovou o aumento excecional das vagas disponibilizadas para a primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, em resposta ao número recorde de candidatos.

“O Conselho de Ministros aprovou o decreto-lei que estabelece o procedimento para o reforço do número de vagas do regime geral de acesso ao ensino superior e dos concursos especiais, através da transferência das vagas fixadas e não ocupadas nos concursos especiais de acesso e ingresso no ensino superior”, refere o comunicado.

Este ano, a procura voltou a superar as expectativas e registou-se um novo recorde: 63.878 candidatos, o maior número desde 1996 e significativamente superior em comparação com as 52 mil vagas disponibilizadas inicialmente.

Perante este aumento, o Governo decidiu voltar a utilizar as vagas que ficaram por preencher nos concursos especiais de acesso ao ensino superior, para reforçar os lugares disponibilizados no concurso geral.

Na sequência desta decisão plasmada em despacho publicado a 27 de agosto, a Direção-Geral do Ensino Superior (DGES) solicitou às instituições de ensino superior públicas, o envio das respetivas propostas de transferência de vagas.

A nova lista de vagas disponíveis em todos os pares instituição/ciclo de estudos será disponibilizada no ‘sítio’ da internet desta Direção-Geral em www.dges.gov.pt, até ao dia 06 de setembro de 2021.

A plataforma de candidatura ‘online’ estará aberta nos dias 07, 08 e 09 de setembro, para efeitos de eventual alteração das opções de candidatura já apresentadas, sendo considerada apenas a última candidatura submetida.

O prazo de candidatura à primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior, que abriu com 52 mil vagas, terminou a 21 de setembro, com mais de 63 mil estudantes candidatos, o que representa um aumento de 1.203 candidatos face ao período homólogo de 2020 e o maior número desde 1996.

Os resultados serão conhecidos em 27 de setembro e no mesmo dia arranca a segunda fase.