A PSP deteve o gerente de uma empresa de segurança privada na região Norte, por exercer a atividade “sem ser titular” de alvará de licença, anunciou esta quinta-feira esta força de segurança.

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública (PSP), através do Departamento de Segurança Privada, conta que, enquanto entidade de licenciamento, regulação e fiscalização da atividade de segurança privada, “detetou a prática ilegal de serviços por parte de uma empresa de segurança privada”, a operar na região Norte do país.

No seguimento desta ação, realizada na terça-feira, “foi detido o gerente da empresa de segurança privada, por prestar serviços de monitorização de alarmes, através da prestação de serviços de resposta a alarmes, sem que possuísse o necessário alvará”, explica a PSP.

A empresa, acrescenta o comunicado, “era apenas detentora de alvará A, que não permite o exercício das funções ora identificadas”.

O gerente compareceu na quarta-feira em tribunal, tendo o processo baixado a inquérito.

/ HCL