Desenhado num horizonte de 23 hectares, o Estuário do Sado é o segundo maior do país. 

Neste estuário estão 30 tipos diferentes de habitats classificados, entre eles, destacam-se os populares golfinhos do Sado.

Existe também outro tipo de riquezas nesta paisagem: as pradarias marinhas, fundamentais para a biodiversidade no estuário.

No entanto, nos últimos três anos, foram lançados para o estuário do Sado cerca de 53 toneladas de lixo.

Para lutar contra esta realidade, a bióloga Raquel Gaspar criou o projeto "Guardiãs do Mar". São pescadoras e mariscadoras da região de Setubal, Tróia e da Carrasqueira que se uniram num projeto para impedir a degradação das pradarias marinhas no estuário do Sado.

A mentora do projecto obteve recementemente uma bolsa da National Geographic que permitirá financiá-lo por mais uns meses, dando resposta a um problema de sustentabilidade ambiental.