Um dos arrependidos do ataque à Academia do Sporting, preso preventivamente, está fechado e isolado numa cela com medo de represálias depois do que disse ao Ministério Público.

Filipe tem 22 anos, está a receber apoio psiquiátrico e é um dos jovens que colaborou com a justiça e denunciou o então presidente do clube, Bruno de Carvalho, e o líder da claque Juve Leo, Mustafá.

A TVI falou em exclusivo com mães e pais dos jovens que estão em prisão preventiva e encontrou famílias com medo, porque temem pela própria vida e pela vida dos filhos.

E há quem aponte o dedo a Bruno de Carvalho e Mustafá.