Portugal continental registou na última semana uma aceleração no processo de administração de vacinas, traduzindo-se numa média de 81.857 inoculações diárias.

No período entre 7 e 13 de junho, foram contabilizadas pela task force cerca de 573 mil vacinas administradas, mais 45 mil do que na última semana analisada.

O pico da vacinação ocorreu no sábado, altura em que foi registado um novo recorde de inoculações (mais 193 mil em 24 horas).

 

Em sentido inverso, o número de vacinas administradas na passada sexta-feira (mais 20 mil) foi o mais baixo das últimas análises.

Comparativamente com a última semana analisada, é notório um crescimento de 8,6% face à média de vacinas administradas diariamente.

Até ao dia 13 de junho, 42.4% da população do continente já recebeu a primeira dose do seu esquema vacinal, sendo que o total de pessoas plenamente vacinadas ascende aos 2.426 milhões - cerca de 24.8% da população. (O valor é obtido após a subtração do número de habitantes conhecidos nas Regiões Autónomas).

 

 

 

Relativamente à União Europeia, e de acordo com dados até ao dia seis de junho, Portugal ocupa a nona posição na lista de países que mais esquemas vacinais completou, sendo que a Malta e a Hungria figuram nos primeiros lugares.

Até ao dia 8 de junho, e desde que se iniciou o plano de vacinação, a 27 de dezembro de 2020, Portugal já recebeu 7.263.540 vacinas. Comparativamente, a Alemanha recebeu mais de 61 milhões de doses e a França já teve acesso a cerca de 46,5 milhões de vacinas contra a covid-19.