A Polícia Marítima detetou hoje uma elevada quantidade de caranguejos mortos que deram à costa na praia da Figueirinha, em Setúbal, mas o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) refere que “não se trata de poluição”.

Depois de terem encontrado os caranguejos mortos no areal da praia, a Polícia Marítima contactou o ICNF.

“O ICNF enviou uma equipa para o local, que conclui não se tratar de poluição, havendo possibilidade de se tratar de uma grande quantidade de caranguejos que terá sido inadvertidamente recolhida, misturada com peixe nas redes de pesca e que, dado a não ter valor comercial, terão sido atirados ao mar”, refere a Autoridade Marítima Nacional (AMN), em comunicado.

Segundo a AMN, o ICNF efetuou a recolha de vários caranguejos para posterior análise.

/ LCM