Sete homens foram detidos e 2,4 toneladas de cocaína apreendidas numa embarcação de pesca no Atlântico no âmbito de uma operação internacional antidroga na qual a Polícia Judiciária (PJ) participou.

Segundo a PJ, a cocaína apreendida estava a ser transportada numa embarcação de pesca, com pavilhão venezuelano, que foi intercetada por meios navais da Agência Tributária de Espanha, no oceano Atlântico.

A embarcação foi também apreendida e rebocada para o porto de Las Palmas, nas Ilhas Canárias, onde deu entrada esta segunda-feira, adianta a PJ, indicando que a cocaína se destinava a abastecer os circuitos ilícitos de distribuição no continente europeu.

A "operação Bucaramanga" contou ainda com o Corpo Nacional de Polícia de Espanha, a Nacional Crime Agency (NCA), do Reino Unido, e a Drug Enforcement Agency (DEA), dos Estados Unidos.

Os sete detidos, todos de nacionalidade venezuelana, a embarcação e a droga apreendidas vão ficar à disposição das autoridades judiciárias espanholas.

/ AM