A Alfândega de Faro apreendeu perto de 500 mil cigarros no porto de Portimão. Os cigarros apreendidos têm um valor aproximado de 79 mil euros e os impostos pela introdução em Portugal traduziam-se em 69 mil euros.

Os cigarros apreendidos durante uma acção de controlo da Direção-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo eram de marca «Ducatos, Fortuna, Chesterfield, Palmal e Nogel».

«Os cigarros apreendidos eram transportados numa viatura de transporte de mercadorias, de marca Volkswagen, modelo Kombi, que depois era transportada no ferry ¿Volcan de Tijarafe¿», lê-se no comunicado do Ministério das Finanças e Administração Pública.

O ferry em que o material apreendido ia ser transportado opera a linha regular Portimão-Funchal-Tenerife-Las Palmas-Portimão.

Os responsáveis pela viatura eram dois cidadãos de nacionalidade colombiana com «autorização de residência em território espanhol».
Redação / PB