Os funcionários da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) apreenderam 57.600 cigarros no aeroporto de Lisboa, durante uma fiscalização de um voo procedente de Luanda, foi hoje anunciado.

Os cigarros, da marca Pall Mall, estavam escondidos em quatro malas e eram transportados por dois viajantes, segundo refere a informação da AT, que adianta que as regras determinam a inutilização, sob controlo aduaneiro, do material apreendido.

Esta é a terceira apreensão de cigarros, em menos de um mês, realizada pela AT, tendo a anterior ocorrido no aeroporto de Faro, em que foram detetados 48 mil cigarros que estavam a ser transportados clandestinamente.

Em 13 de novembro, as autoridades anunciaram ter apreendido 221.800 cigarros no aeroporto de Lisboa. Em todas estas situações, os cigarros eram transportados em malas.