A GNR anunciou esta quinta-feira  a detenção de quatro homens por venda de material contrafeito e apreendeu 555 peças de vestuário e calçado, num valor estimado de 15 mil euros na Feira de Agosto, em Grândola.

Em comunicado, o Comando Territorial de Setúbal da Guarda Nacional Republicana (GNR) explicou que os suspeitos, cujas idades não foram reveladas, foram detidos durante o policiamento no recinto e zonas adjacentes da Feira de Agosto, que começou no passado dia 22 e terminou esta segunda-feira, na vila de Grândola, no distrito de Setúbal.

Na operação, os militares da Guarda apreenderam aos suspeitos as 555 peças de artigos contrafeitos: 258 peças de vestuário e 297 pares de calçado, com o valor global estimado de 15 mil euros.

Segundo a GNR, foram ainda detidas outras quatro pessoas, três homens por condução sob efeito do álcool e um por falta de habilitação legal para conduzir, tendo sido elaborados 32 autos de contraordenação, 17 deles por infrações rodoviárias e 15 por consumo de estupefacientes.

Durante os cinco dias da feira, foram efetuadas diversas ações no âmbito da prevenção e combate ao tráfico e consumo de estupefacientes, bem como na deteção de estupefacientes e ações de fiscalização rodoviária.

As ações da Guarda Nacional Republicana culminaram com a apreensão de 133 doses de haxixe, quatro doses de heroína, quatro doses de cocaína e 2,9 gramas de liamba, além de duas máquinas de modalidades afins (tômbolas) e 131 euros em numerário.

Os detidos ficaram em liberdade após terem sido presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Grândola.

Esta operação contou com o apoio do posto territorial de Grândola.