A GNR apreendeu 420 mil cigarros de contrabando, avaliados em mais de 90 mil euros, ao fiscalizar uma viatura na Autoestrada 3 (A3), perto da Maia, no distrito do Porto, anunciou esta quarta-feira aquela força policial.

No decorrer desta ação foi detido um homem de 50 anos.

Fonte do Destacamento de Ação Fiscal (DAF) do Porto, que consumou a apreensão na terça-feira em colaboração com o posto de trânsito da GNR na Maia, calculou que a introdução do tabaco apreendido nos circuitos comerciais teria causado um prejuízo ao Estado superior a 71 mil euros.

O Fisco onera o custo dos cigarros com Imposto Especial sobre o Consumo do Tabaco (IT) e Imposto de Valor Acrescentado (IVA).

O processo, segundo a fonte, baixa agora a inquérito.

/ JGR