Um homem de 22 anos ficou em prisão preventiva depois de ter sido detido na Área Metropolitana de Lisboa “por fortes indícios da prática de crime de violação”, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Segundo um comunicado, a vítima é “uma jovem mulher, já anteriormente conhecida do presumível autor, o qual, aproveitando a relação de alguma proximidade, a levou para a sua residência, sob falso pretexto, e ali consumiu a violação”.

De acordo com a mesma fonte, o suspeito foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado em prisão preventiva.