O ex-presidente da REN-Redes Elétricas Nacionais José Penedos é ouvido, esta terça-feira, no Tribunal Central de Instrução Criminal, como arguido no processo Face Oculta acusado de dois crimes de corrupção e dois de participação económica em negócio.

Um dos seus advogados, Rui Patrício, explicou à agência Lusa que quem requereu a audição de José Penedos foram outros dois arguidos da REN, Vítor Batista e Fernando Santos. «O juiz notificou-me do pedido e nós acedemos a prestar declarações», disse.

Segundo Rui Patrício, o antigo secretário de Estado está disponível para ser interrogado pelas defesas dos arguidos, pelo juiz e pelo Ministério Público.

Dos 36 arguidos acusados pelo Ministério Público no âmbito deste caso, quatro já foram ouvidos no TCIC nesta fase de instrução: Namércio Cunha, colaborador da empresa O2-Tratamento e Limpezas Ambientais, que está no centro da investigação; o sobrinho do empresário Manuel Godinho, o único envolvido no caso que está preso preventivamente; o funcionário administrativo Ricardo Anjos e o economista José Contradanças.

Ainda esta terça-feira, e a seguir à audição de José Penedos, deverão falar no tribunal outros três arguidos ligados à REN: Fernando Santos, Vítor Batista e António Almeida Costa. Na quarta-feira será a vez do antigo ministro e ex-administrador do Millenium/BCP Armando Vara.
Redação / MM