Um "ajuste de contas" causou, esta terça-feira, um tiroteio em Fânzeres, freguesia de Gondomar (Porto), do qual resultaram um ferido crítico com três balas e um ferido leve com uma perfuração de arma branca e ferimentos faciais, adiantou fonte da GNR.

Segundo a força policial, o tiroteio aconteceu na Rua Escolas Primárias, junto à Escola Básica do 1.º Ciclo de Alvarinha, e começou com uma denúncia feita na segunda-feira junto da GNR, a reportar ameaças.

De acordo com a GNR, o indivíduo acusado confrontou, esta terça-feira, o autor da denúncia, tendo sido apoiado por um homem que apareceu num veículo ligeiro, baleou três vezes o denunciante e fugiu.

A rixa envolveu ainda três pessoas que, segundo a GNR, apareceram em apoio ao autor da denúncia e esfaquearam o acusado, causando-lhe também ferimentos na cara.

Os dois feridos foram transportados para o Hospital de São João pelos Bombeiros Voluntários de Gondomar, que receberam o alerta ao 12:12.

Ao local também foram chamados dez agentes da GNR.