As vítimas de um gangue acusado de roubo e sequestro em estabelecimentos comerciais lembraram esta terça-feira no Tribunal de Matosinhos como foram «agredidas e amarradas» durante os assaltos, avança a agência Lusa.

«Fui brutalmente agredida com pontapés enquanto me apontavam uma pistola à cabeça», contou uma lojista de Esmoriz, alegada vítima do grupo acusado de 13 crimes de roubo agravado e 13 crimes de sequestro entre 2008 e 2009.

Segundo os vários depoimentos desta manhã, os dois casais que compunham o gangue faziam, alternadamente, passar-se por clientes nas lojas que pretendiam assaltar.

«Duas mulheres e um homem entraram como clientes e pediram para ver algumas coisas», contou uma lojista de Marco de Canaveses que terá sido vítima de assalto em Dezembro de 2008.

No interior da loja, e recorrendo a uma manobra de distracção (que podia passar por pedir para usar a casa de banho), um dos elementos manietava o funcionário, amarrando-lhe os braços e pernas.

«Agarrou-me, tapou-me a boca, puxaram-me para o chão e amarraram-me mãos e pernas», recordou uma das alegadas vítimas.

A vítima seria também ameaçada com uma arma e questionada pelos códigos dos cartões Multibanco que tivesse na sua posse.

Para além dos cartões Multibanco, o grupo levaria também valores em dinheiro que estivesse na loja.

Depois de conseguirem o seu intento, abandonavam as vítimas fechadas dentro de uma divisão do estabelecimento.

Os membros dos dois casais (um casal de 28 anos e os namorados de 19 e 28 anos) encontram-se em prisão preventiva.

A estes quatro arguidos acrescem dois elementos, acusados de receptação dos artigos que o grupo alegadamente subtraía das lojas.

O grupo terá actuado em Matosinhos, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Ovar, Famalicão, Espinho, Maia, Marco de Canaveses, Alcobaça, Ílhavo, Viana do Castelo e Sátão. Foram detidos pela PJ do Porto a 19 de Fevereiro de 2009, dias depois do último assalto.

O julgamento teve início no passado dia 21, data em que os arguidos terão confessado parte da acusação.
Redação / SM