A GNR de Gouveia anunciou, esta quarta-feira, a detenção de 10 homens com idades entre os 46 e os 86 anos, por detenção de arma proibida, no concelho de Fornos de Algodres.

Entre o material apreendido, estão explosivos, armas de fogo e munições de diversos calibres. As apreensões aconteceram no seguimento do cumprimento de 16 mandatos de busca domiciliária e 18 mandatos de busca não domiciliária, a casas, anexos e carros, no âmbito de uma investigação que decorre já desde 2017.

Ao todo, a GNR apreendeu 730 munições de diversos calibres, 10 detonadores pirotécnicos, 70 metros de cordão lento, 52 metros de cordão detonante, três sticks de explosivo gelamonite, 1,2kg de pólvora, cinco espingardas, duas pistolas, uma carabina, uma pistola de alarme, cinco carregadores para munições, um sabre e uma faca de abertura automática.

Nas buscas, participaram militares da GNR de diversas valências, nomeadamente da investigação criminal e de inativação de explosivos, bem como equipas cinotécnicas.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial da Comarca de Gouveia, esta quinta-feira, para aplicação das medidas de coação.