A GNR identificou, na quinta-feira, dois homens, de 19 e 57 anos, pelo crime de ameaças com recurso a armas de fogo, no concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial de Castelo Branco especifica que a ação foi realizada através do Núcleo de Investigação Criminal do Fundão, na sequência de um crime de ameaças com arma de fogo, ocorrido em agosto de 2018, que culminou com o cumprimento de quatro mandados de busca às residências dos suspeitos e às suas viaturas.

Na sequência da ação, foram apreendidas duas armas de fogo, 13 munições e 10 artigos têxteis suspeitos de serem contrafeitos", acrescenta a informação.

Segundo o referido, foram ainda elaborados três autos de contraordenação, dois por detenção de arma no domicílio fora das condições legais e um outro por detenção de arma no domicílio acompanhada de munições.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, tendo os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Fundão.