Mais de três milhões de cartuchos de caça e uma caçadeira foram apreendidos pela PSP no distrito de Setúbal, que identificou um homem, anunciou a força de segurança, esta sexta-feira.

Segundo escreve a Lusa, as apreensões decorreram no âmbito de uma acção de fiscalização de controlo das actividades de licenciamento, comércio e emprego de armas e explosivos, que se realizou entre segunda-feira e hoje, no distrito de Setúbal, e que esteve a cargo do Departamento de Armas e Explosivos da PSP.

Segundo a Polícia de Segurança Pública (PSP), os 3 231 645 cartuchos de caça carregados foram apreendidos por se encontrarem fora das condições legais para armazenamento deste tipo de produto explosivo.

A PSP apreendeu também uma arma de fogo da classe D (caçadeira), por se encontrar no local sem autorização e desacompanhada de documentação, e identificou um homem, empresário, suspeito da prática de armazenamento ilegal de explosivos e posse de arma ilegal.

O homem poderá incorrer numa multa entre 498 e 4987 euros, além de sanção acessória de perda do material apreendido, por não possuir as condições legais exigidas para o armazenamento em segurança dos cartuchos carregados, que são considerados legalmente como produto explosivo.
Redação / PP