A CGTP convocou os trabalhadores para uma grande manifestação nacional, a 15 de novembro, em Lisboa, entre a rotunda do Marquês de Pombal e os Restauradores, anunciou hoje o líder da central sindical num encontro com sindicalistas.

"Este é o momento de aumentar a nossa capacidade reivindicativa", afirmou o secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, na abertura do encontro nacional de dirigentes e ativistas sindicais, que decorre em Lisboa.

Esta manifestação, que consta de uma resolução que vai ser aprovada no final do encontro nacional, é uma forma de luta nomeadamente pelo aumento dos salários dos trabalhadores, pela fixação do salário mínimo em 650 euros, a partir de 01 de janeiro do próximo ano, e contra as normas "gravosas" da legislação laboral.