A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou, esta segunda-feira, que apreendeu 124 toneladas de azeitona de mesa, no concelho de Reguengos de Monsaraz, distrito de Évora, por falta de higiene e licenciamento do operador.

Em comunicado, a ASAE indicou que foi suspensa a atividade do operador e instaurado um processo de contraordenação, por incumprimento dos requisitos de higiene e falta de controlo da água para consumo humano, de licenciamento e de rastreabilidade.

Para além da azeitona de mesa, no valor de 43 mil euros, foram também apreendidos três equipamentos de pesagem que não estavam "devidamente aferidos".

Segundo a ASAE, a operação foi desencadeada, nos últimos dias, por elementos da Unidade Operacional Évora do organismo e visou um recetor de azeitona, situado no concelho de Reguengos de Monsaraz.

Os inspetores constataram que o espaço onde era efetuada a receção, manipulação e conservação de azeitona de mesa não estava "devidamente licenciado" e não tinha "as mínimas condições de higiene", referiu a ASAE no comunicado.

Para além disso, acrescentou, era utilizada "água de um furo sem qualquer controlo", pelo que foi solicitada a presença no local da Unidade de Saúde Pública de Évora, que atestou o perigo para a saúde pública.