a prática do crime



«O que aconteceu não tem desculpa. Não sei se essa pessoa me vai perdoar. Sinto vergonha. Foi uma coisa que nunca quis fazer na vida», disse o arguido, mostrando arrependimento.