A Polícia Judiciária (PJ) deteve um rapaz de 16 anos suspeito de roubo com violência a uma idosa e de, pelo menos, oito furtos em residências em Cabeceiras de Basto, disse hoje fonte daquela força à Lusa.

Segundo a fonte, o rapaz já foi a tribunal, tendo ficado sujeito à medida de coação de prisão domiciliária, com vigilância eletrónica.

O suspeito foi detido na quinta-feira, pela PJ de Braga, no cumprimento de mandado de detenção emitido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Guimarães.

O crime mais grave ocorreu na noite de 21 de janeiro último, quando a vítima, uma mulher de 80 anos e que vivia sozinha, se encontrava a dormir na sua habitação.

A mulher foi manietada e ameaçada com uma arma de fogo apontada à cabeça, tendo-lhe sido roubados objetos em ouro e dinheiro.

Segundo a PJ, o detido, sem qualquer tipo de ocupação laboral, é igualmente suspeito de ter praticado, pelo menos, oito crimes de furto, qualificados, todos em residências situadas no concelho de Cabeceiras de Basto, no distrito de Braga, essencialmente na freguesia de Gondiães, onde reside.

“Tal prática criminosa provocou nas populações dessa freguesia, e nas freguesias limítrofes, um sentimento de medo e intranquilidade social, ao qual urgia por cobro”, refere um comunicado da PJ.

/ AM