Um jovem de 16 anos com antecedentes criminais foi detido terça-feira pela Polícia Judiciária por posse de arma proibida e suspeita de autoria de um roubo ocorrido no Verão passado na Amadora, anunciou esta quarta-feira a PJ.

O jovem foi detido em Lisboa pela Polícia Judiciária (PJ), através da Directoria de Lisboa e Vale do Tejo, por estar «fortemente indiciado pela autoria dos crimes de detenção de arma proibida e roubo, este ocorrido no Verão passado, na zona da Amadora», adianta um comunicado daquela polícia de investigação criminal.

O arguido e dois co-autores, um deles menor de idade e o outro já em prisão preventiva pelos mesmos factos, «roubaram a vítima quando esta efectuava manobras de estacionamento com a sua viatura, vindo a apoderar-se de dinheiro e de um telemóvel», adiantou a PJ.

O jovem tem «vastos antecedentes criminais», nomeadamente por «furto qualificado, roubo, detenção de arma proibida e condução de veículo automóvel sem habilitação legal».

Segundo a PJ, o jovem suspeito já «fora detido em Janeiro por roubo», tendo-lhe na altura sido «aplicada a medida de coacção de apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência, que não tem cumprido».

No decorrer das investigações, foram apreendidas duas espingardas de pressão de ar, uma das quais com a coronha serrada para mais facilmente ser transportada e dissimulada no meio urbano, referiu também a PJ.

O arguido será presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medida de coacção.