A Polícia Judiciária (PJ) deteve uma mulher de 73 anos, no concelho de Benavente, por fortes indícios de tentativa de homicídio.

De acordo com o comunicado enviado às redações, a suspeita terá atacado o marido com um machado, enquanto este dormia, provocando-lhe dois golpes na cabeça.

De seguida, trocou de roupa e entrou em contacto com uma vizinha "fazendo crer que a agressão tinha sido efetuada por supostos assaltantes que teriam entrado na habitação".

A ataque terá ocorrido na madrugada de quarta-feira na residência do casal.

A vítima, de 74 anos, foi transportada para uma unidade hospitalar, mas não corre perigo de vida. 

O comunicado esclarece ainda que "a detida vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, no qual lhe serão aplicadas as medidas de coação processual adequadas"

O juiz de instrução criminal do Tribunal de Santarém, que ouviu esta quinta-feira a arguida em primeiro interrogatório judicial, deu oredem para a suspeita ficar detida preventivamente, considerando que está “fortemente indiciada” pela prática do “crime de homicídio qualificado na forma tentada”.

Em resposta à Lusa, o juiz Bruno Lopes, titular no Juízo de Instrução Criminal de Santarém, referiu que a aplicação da medida de coação mais gravosa à arguida teve ainda em conta a existência de “perigo de continuidade da atividade criminosa e perigo de perturbação grave da ordem e tranquilidade públicas”.