A criança de três anos atropelada na terça-feira na Asseiceira, em Rio Maior, não resistiu aos ferimentos e morreu, esta quarta-feira, no hospital de Santa Maria, em Lisboa, para onde havia sido transportada, disse a presidente da junta de freguesia.

Infelizmente, o menino não resistiu aos ferimentos e faleceu esta manhã no hospital de Santa Maria com um traumatismo crânio encefálico grave", disse à Lusa a presidente da junta de freguesia de Asseiceira, no distrito de Santarém.

Foi um momento trágico e um dia muito triste para esta aldeia e para comunidade, que ficou em choque com o sucedido", disse Filipa Raimundo, para quem o acidente "não resultou de culpas de ninguém, antes de um momento de grande infortúnio".

A autarca disse à Lusa que "o menino saiu do café na hora errada e o senhor ia a passar ali na estrada no momento errado, num momento trágico para todos".

A criança "entrou em paragem cardiorrespiratória, tendo sido transportada em estado crítico para o hospital de Santarém onde chegou com sinais vitais", disse à Lusa fonte da Comando Distrital da Proteção Civil (CDOS) de Santarém.

Transferido durante a noite para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, o menino não viria a resistir.