O Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) abriu um inquérito interno para apurar as circunstâncias em que ocorreu um atropelamento mortal por uma ambulância no seu parque de estacionamento, revelou esta segunda-feira fonte da unidade hospitalar.

O conselho administração do HESE "lamenta o trágico acidente, apresenta as condolências à família" da vítima e anunciou a abertura "imediata de um inquérito", indicou à agência Lusa a mesma fonte.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, o acidente ocorreu na sexta-feira no parque de estacionamento do HESE, com alerta por volta das 18:00, tendo provocado ferimentos graves numa mulher de 74 anos.

A mesma fonte referiu que a ambulância da corporação de Bombeiros de Arraiolos efetuava uma manobra de marcha atrás quando ocorreu o atropelamento.

Esta segunda-feira, a fonte do HESE adiantou que, após o acidente, a mulher deu entrada na urgência do hospital e foi operada, referindo que a vítima acabou por falecer, na madrugada de sábado, na Unidade de Cuidados Intensivo (UCI).