Uma mulher de 52 anos foi esta terça-feira atropelada pelo metro do Porto antes da estação de D. João II, em Vila Nova de Gaia, quando circulava “fora da zona de atravessamento autorizada”, disse à Lusa fonte da empresa.

De acordo com a mesma fonte, o atropelamento ocorreu pelas 10:50, tendo a mulher sofrido “ferimentos ligeiros”.

A circulação do metro ficou condicionada durante cerca de 30 minutos, até às 11:30, entre as estações de General Torres e D. João II (Linha Amarela), no concelho de Vila Nova de Gaia, distrito do Porto, acrescentou fonte da empresa.

Contactado pela Lusa, o Instituto Nacional de Emergência Médica disse ter deslocado para o local uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), mas desconhecia, pelas 11:30, a gravidade do estado da vítima.

Um jovem de 17 anos foi esta terça-feira atropelado pelo metro na estação de Varziela, em Vila do Conde, sofrendo ferimentos graves, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde.

Fonte da Metro do Porto disse à Lusa que a circulação da Linha Vermelha esteve condicionada entre as 07:20 e as 07:54, encontrando-se normalizada pelas 09:00.

A mesma fonte referiu que o jovem atravessou a linha com auscultadores.