O condutor da viatura ligeira de transporte via plataforma eletrónica (TVDE) que na quinta-feira embateu contra a fachada do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai aguardar o desenrolar da investigação em liberdade, informou hoje a PSP.

De acordo com a mesma fonte, o homem, detido após o ocorrido, foi hoje ouvido num tribunal e saiu em liberdade, com termo de identidade e residência, a medida de coação menos gravosa, enquanto o sucedido é investigado num inquérito.

A decisão de levar ou não o homem a julgamento dependerá das conclusões deste inquérito.

Segundo a PSP, a viatura de TVDE perdeu o controlo da marcha tendo vindo a embater na parte exterior do edifício do aeroporto da zona de partidas.

O acidente, ocorrido pouco depois das 19:30 de quinta-feira, causou dois feridos, mas nenhum corre risco de vida.

As vítimas são “uma pessoa que se encontrava na zona de partidas e que foi transportada para unidade hospitalar, não correndo perigo de vida, e o passageiro, ferido ligeiro, que seguia no interior da viatura”, salientou.

Fonte da PSP acrescentou à Lusa que não existem indícios de o caso ter sido premeditado, com as perícias iniciais a apontarem para um acidente, e que o teste de álcool ao condutor deu negativo.

A PSP referiu que já iniciou a investigação do acidente, estando a realizar as “diligências periciais necessárias” para determinar as circunstâncias em que ocorreu.