Um vídeo publicado no Facebook mostra uma situação do dia-a-dia que quase acabou em tragédia. Um menino escapou de se ser atropelado numa passadeira, em Faro, por escassos milímetros. As imagens mostram, aliás, que o rapaz ainda bateu com os braços no carro que quase o atropelou, mas sem se magoar.

As imagens foram capturadas por Pedro Coutinho e pela mulher, no cruzamento da saída da 125 em Patacão, no último dia 31 de maio. No vídeo, é possível ouvirem-se os gritos de pânico de ambos ao aperceberem-se da situação.

Os dois utilizadores admitem, aliás, que “um segundo mais cedo” e os seus “corações ficariam para sempre naquele cruzamento”. Pedro divulgou as imagens como forma de alerta aos condutores.

O vídeo mostra um carro funerário a parar em cima de uma passadeira, tapando a visibilidade dos condutores que vêm do outro lado. Aproximam-se duas mulheres acompanhadas por três crianças, todas de mãos dadas. O rapaz que estava de mão dada a uma das mulheres solta-lhe a mão e desata a correr, atravessando a estrada.

“Ironicamente, desta vez foi um carro mortuário a bloquear a visão. (…) Os gritos são meus e da minha esposa. Um segundo mais cedo e os nossos corações ficariam para sempre naquele cruzamento. Antes de ver o vídeo, pensei que tinha sido culpa da mãe de deixar uma criança tão pequena solta, mas não, o miúdo soltou-lhe a mão e ela foi logo atrás. Desta vez tudo correu bem.❤️”, escreveu Pedro Coutinho.

O rapaz ainda tocou no carro, mas sem se magoar. A TVI contactou os Bombeiros Sapadores de Faro e também o Centro Distrital de Operações e Socorro e não há registo de qualquer ocorrência.