Uma australiana garante ter escapado a uma violação graças aos cães, um arraçado de shih tzu e um terrier, que passeava, junto ao cemitério de Williamstown, no sul da Austrália, ao início da noite de 29 de junho.

No Twitter, a dona de Louie, o terrier, e de RuPaul, o shih tzu, conta que caminhava junto ao cemitério quando um homem a empurrou para o chão e tentou arrancar-lhe as calças.

Em vez de fugirem, os cães, ambos de pequeno porte, correram em socorro da dona, atacaram e morderam o agressor. Entre os gritos da vítima e os latidos de Louie e RuPaul, o homem acabou por fugir.

A lealdade dos animais impressionou a dona. A mulher, cuja identidade não foi revelada, disse à Australian Broadcast Corp. que não consegue deixar de pensar no que teria acontecido caso os cães não tivessem corrido em seu auxílio. A opinião é partilhada pela inspetora da polícia que investiga o caso: “pequenos heróis” foi o epíteto atribuído aos dois cães.

Depois de divulgada no canal australiano “7NEWS”, a história espalhou-se pelas redes sociais, onde Louie e RuPaul receberam muitos elogios pela coragem demonstrada.

As autoridades procuram agora o agressor, que se pôs em fuga.