Uma mulher portuguesa, grávida de oito meses, foi deixada sozinha numa autoestrada à noite em França. A grávida viajava num autocarro, mas, depois de uma paragem numa área de serviço, o veículo partiu sem ela.

Segundo a rádio France Bleu, o incidente aconteceu no dia 11 de novembro, já passavam das 23:00, mas só agora foi divulgado.

O autocarro, que fazia a ligação entre Madrid, Espanha, e Brive-la-Gaillarde, em França, estava na autoestrada A89 quando fez uma paragem para descanso na área de serviço de Arveyres, em Gironda.

Só que depois da paragem, o motorista partiu sem a grávida portuguesa. A mulher, que não falava francês, ficou, assim, sem a mala e os documentos, que estavam no veículo.

No meio do azar, conseguiu ter alguma sorte: uma patrulha da polícia francesa de Girona ajudou-a a voltar ao autocarro.

Os agentes transportam a portuguesa no carro da polícia e conseguiram intercetar o autocarro cerca de 137 quilómetros mais à frente, nas portagens de Thenon, em Dordonha, onde a mulher pôde voltar a entrar no veículo.